Montante será aplicado em treinamento de sua equipe e na universidade corporativa que ensina clientes a usar melhor o sistema de gestão da marca.

A Sankhya, produtora mineira de sistema de gestão empresarial (ERP) para o segmento de pequenas e médias empresas (PMEs), vai investir este ano 1 milhão de reais em capacitação profissional para ampliar seus negócios. O montante será aplicado na universidade corporativa da companhia e em treinamento das equipes de vendas das filiais.

Pela universidade corporativa, a Sankhya treina sua força de venda e também funcionários de clientes que usam o ERP no dia-a-dia para que tirem melhor proveito dos recursos da tecnologia. Os cursos oferecidos ensinam desde como utilizar os módulos do sistema de gestão empresarial até conceitos básicos de administração como ponto de equilíbrio, fluxo de caixa, ciclo operacional e financeiro.

O diretor-presidente da Sankhya, Felipe Calixto, observa que muitas PMES tinham dificuldade para usar ERP porque não sabiam esses fundamentos. “Tinha casos de usuários que olhavam as telas do ERP e não entendiam nada”, conta o executivo. Eles não tinham conhecimento de gestão, dos fundamentos contábeis nem sabiam analisar um balanço.

A Sankhya percebeu que apenas entregar a tecnologia não resolveria a questão e optou por capacitar essas empresas para que possam automatizar seus negócios com mais eficiência. A universidade corporativa começou a oferecer um pacote de treinamento sobre esses temas básicos de administração e sobre outros específicos, a respeito de módulos do sistema de gestão. A capacitação, segundo Calixto, reduziu o tempo de implantação dos projetos e entre 30% e 35% dos custos de implementação.

Diferencial competitivo
O investimento em capacitação de seu time e dos usuários faz parte da estratégia da produtora de software de para expandir seus negócios. Calixto acredita que o treinamento facilita o uso dos sistemas de ERP e melhora a imagem desses sistemas, que ficaram com fama de que os projetos de implantação são caros e dolorosos.

Com melhor uso e mais pessoas sabendo utilizar essa tecnologia, o executivo estima aumento dos negócios. As projeções da companhia são de crescimento de 100% da operação até dezembro e fechar o ano com faturamento de 30 milhões de reais. No ano passado, a companhia movimentou 17 milhões de reais. Essa expansão será sustentada pela abertura de mais seis unidades nas regiões Norte, Nordeste e Sul do Brasil e pelo lançamento da versão de seu pacote de ERP para rodar na web, até o meio de 2011.

Criada em 1989, na cidade de Uberlândia (MG), a Sankhya iniciou no ano passado o seu plano de expansão para fora do Triângulo Mineiro, Goiás e Distrito Federal. A empresa fechou 2009 com presença em sete Estados do País, por meio 17 de unidades de negócios que juntas conta com uma equipe de aproximadamente 320 profissionais.

O projeto da Sankhya é se tornar em dois anos uma das quatro principais produtoras de ERP do Brasil e chegar em 2012 com faturamento de 60 milhões de reais. Além de concorrer no segmento de PMEs com as internacionais  SAP, Oracle e Microsoft, a mineira compete com as nacionais como a Benner e Mega.

Fonte: http://computerworld.uol.com.br

Categorias: -

Deixe uma resposta