simulador_de_perfuracaoRio das Ostras se tornará referência em treinamento off shore com a criação do Centro de Treinamento de Operações de Perfuração, que contará com dois simuladores. Os aparelhos são os únicos da região e reproduzem em terceira dimensão toda a estrutura de uma plataforma de perfuração, além das centenas de operações que ela realiza. Com previsão de inauguração em 2010, o Centro está sendo construído pela empresa Aker Solutions, com sede na Zona Especial de Negócios do município, espaço de incentivos, com uma área de um milhão de metros quadrados, criado pela Prefeitura para fomentar a economia local. O foco desses simuladores será orientar e treinar os profissionais que realizarão as operações de perfuração nas plataformas contratadas pela Petrobras. O sistema permite que a tripulação da embarcação seja preparada ainda na fase de construção da unidade, evitando o treinamento de campo, que pode consumir até cinco meses. De acordo com Dowsley Almeida, secretário de Desenvolvimento, Negócios e Petróleo de Rio das Ostras, toda a região ganha com a criação do Centro de Treinamento. “As empresas do setor off shore, a maioria de origem estrangeira e que trabalham com tecnologia de fora, estão se conscientizando de que vale mais a pena qualificar a mão de obra local do que importar esses trabalhadores e, com isso, a população de Rio das Ostras e toda a região terá mais oportunidades ”, destacou o secretário, antecipando que, em breve, a ZEN contará com novos cursos de qualificação gratuitos realizados pela Prefeitura com parcerias. Zona Especial de Negócios (ZEN) – A área, criada em 2002, possui 20 empresas em atividade, que geram 1.250 empregos diretos, e outras 48 em processo de instalação. Quando todas as empresas estiverem em funcionamento, o local irá oferecer ao todo 4 mil empregos diretos nos mais variados ramos de atividade, como petróleo, gás e indústria naval. A atual administração investiu mais de R$ 15 milhões em obras de infraestrutura, como pavimentação, redes de abastecimento de gás natural, água, sistema de esgotamento sanitário, energia elétrica, telefonia e drenagem de águas pluviais. Com isso, atraiu mais empresas, gerando emprego e renda no município.

Fonte: www.revistafator.com.br

Categorias: -

Deixe uma resposta