O Instituto Federal do Piauí e o Sebrae estão promovendo durante esta semana um treinamento para profissionais e técnicos vinculados à atividade de piscicultura no Piauí. Participam da capacitação 2 professores da instituição e 8 alunos e egressos dos cursos de Edificações e de Estradas.

O ministrante é o engenheiro de pesca Ricardo Lincoln Barreiras. Ele tratou nos dois primeiros dias do treinamento sobre aspectos gerais da piscicultura, critérios para seleção de áreas, dimensionamento prévio dos viveiros e cálculo da demanda hídrica, por exemplo. “É preciso entender que existe técnica para criar peixes. Não é apenas cavar um buraco e encher de água”, diz o engenheiro.

Nesta quarta-feira, 23, e nos dois outros dias, os participantes do treinamento participarão de atividades práticas na cidade de Palmeirais. Lá, além de técnicas de estocagem de alevinos e manejo, será construído um viveiro, que permitirá aos participantes os conhecimentos necessários à implantação e à construção de viveiros para piscicultura, respeitando-se os aspectos técnicos, econômicos e ambientais.

De acordo com João Pinheiro Júnior, gestor do projeto em aquicultura do Sebrae Piauí,  a partir do modelo de viveiro construído em Palmeirais, haverá uma maior qualificação dos profissionais piauienses. Ele também ressalta que, graças a essa troca de experiências, haverá o uso racional dos recursos ambientais e o aumento da produtividade de peixes no estado.

Fonte: http://45graus.com.br

Categorias: -

Deixe uma resposta