A Guarda Municipal de Dourados iniciou hoje o curso para o uso das Pistolas Taser, são armas não letais que se enquadram na doutrina de uso progressivo da força, sendo, portanto, uma ferramenta que evita o disparo de armas de fogo em ocorrências em que tal procedimento não seja necessário.

O treinamento irá habilitar todos os Guardas Municipais que poderão usar o equipamento, onde receberão uma certificação com validade Internacional de Operador Taser.

A Guarda Municipal adquiriu 15 pistolas Taser através e convênio firmado com o Ministério da Justiça. As armas ainda não chegaram a Instituição, pois estão passando por vistorias e desembaraço aduaneiro.

O equipamento é importado dos E.U.A, porém a única empresa habilitada a ministrar o treinamento Seguritec –RS já está capacitando os GMs de Dourados, para quando o armamento chegar já estejam aptos para operá-las. Este equipamento só pede ser usado por policiais, Guardas Municipais e agentes de Segurança Pública devidamente treinados e certificados.

Cada pistola funciona com oito pilhas recarregáveis. Elas emitem ondas que paralisam a musculatura e que se assemelham aos estímulos do cérebro. Quando usadas, interrompem os movimentos por alguns segundos. O Taser não é uma arma de choque, é uma arma de alta tecnologia, onde as ondas agem diretamente no sistema nervoso central do organismo, paralisando os movimentos, sem danos a saúde.
Caso o suspeito apresente resistência, o Guarda Municipal poderá emitir o dardo que é disparado e emite um estímulo de uma onda chamada de ondas T (TWaves) que paralisam o criminoso, interrompendo a comunicação do cérebro com os músculos. Isto dá ao Guarda Municipal o tempo necessário para que possa algemar o criminoso.

Diretor executivo da empresa que distribui as armas, a Seguritec, do Rio Grande do Sul, Elton Clemente Júnior explica que em Santa Catarina e no Paraná, por exemplo, o equipamento já foi utilizado em cerca de 70 situações. “Foram poupadas algumas vidas e muitos ferimentos”, aponta.

A Guarda Municipal de Dourados é a 1ª da Região Centro Oeste a usar este tipo de equipamento, atualmente em Mato Grosso do Sul, somente policiais do CIGCOE, grupamento tático da capital tem disponível este equipamento.

Fonte: www.agorams.com.br

Categorias: -

Deixe uma resposta