No dia 18 de março de 2011, a chefe-geral da Embrapa Café, Mirian Eira, recebeu uma homenagem especial à Unidade pela colaboração no incentivo e desenvolvimento da cafeicultura durante a realização do Seminário Criando Valor a partir do Conhecimento e da Sustentabilidade. O diretor Kepler Euclides Filho participou como representante do presidente da Embrapa, Pedro Arraes.

“O reconhecimento do trabalho de pesquisa e coordenação do Programa Pesquisa Café realizado pela Embrapa Café demonstra que a Unidade tem consolidadas sua missão e imagem social. Recebo essa homenagem em nome de todos os empregados que juntos fazem dessa instituição um alvo merecedor de tal homenagem”, diz Mirian.

Em 2011, o evento – realizado anualmente pela Universidade do Café Brasil na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade de São Paulo (USP) para marcar o início das atividades do ano – também comemora os 20 anos de contribuição da IIIycafé ao estímulo da cafeicultura brasileira por meio do 20º Prêmio Ernesto IIIy de Qualidade do Café para Espresso. Esta edição do prêmio vai homenagear os melhores cafeicultores brasileiros que se destacaram na produção de cafés finos. É marca dos eventos a aproximação de pesquisadores e setor produtivo.

Na ocasião, serão reunidos palestrantes importantes como o professor José Goldemberg, do Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, professor Carlos Clemente Cerri, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA) da Universidade de São Paulo, e professor Decio Zylbersztajn, da Universidade do Café Brasil, entro de Conhecimento em Agronegócios (Pensa) e FEA, além de autoridades, para discutir e apresentar as novidades ligadas à sustentabilidade da produção do café brasileiro. Entre os temas a serem abordados estão política de sustentabilidade, emissões de gases na cafeicultura e qualidade no agronegócio café no Brasil.

PRÊMIO E UNIVERSIDADE

A Universidade do Café Brasil é a primeira universidade corporativa voltada à profissionalização dos cafeicultores. Coordenada pelo Centro de Conhecimento em Agronegócios – o Pensa -, a Universidade do Café foi criada em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA) e a USP para disseminar técnicas de aprimoramento e desenvolvimento sustentável nas fazendas produtoras. Desde 2000, mais de 7.000 cafeicultores freqüentaram seus cursos, seminários e pós-graduação.

Em duas décadas, o Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso, reconhecido como o principal da cafeicultura nacional, já premiou mais de 1.000 cafeicultores e distribuiu mais de R$ 4 milhões, consolidando-se como o maior incentivo à qualidade e à sustentabilidade na produção do melhor café. A partir dessa iniciativa, surgiram outros concursos de qualidade, regionais e nacionais, responsáveis por valorizar o café de qualidade e que contribuíram para transformar a imagem do café brasileiro no cenário internacional.

MAIS INFORMAÇÕES

Telefone: (11) 3732-2034
E-mail: unilly@unilly.com.br
Web: www.unilly.com.br

FONTE

Embrapa Café
Flávia Bessa – Jornalista
Telefone: (61) 3448-4566


Deixe uma resposta