A afirmação é do coordenador nacional da universidade corporativa dos Correios, Mozart Gomes Ferraz (foto). Palestrante do Conitec 2010 – Primeiro Congresso Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Corporativa, que está sendo promovido pela Associação Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Corporativa (Anitec), no Rio de Janeiro, o coordenador falou sobre “As boas práticas da educação corporativa que geram inovação”.

Mozart Ferraz destacou a importância de a universidade corporativa promover a migração para o treinamento a distância, ressaltando que, em comparação com o treinamento tradicional, representa menor custo e maior velocidade, o que significa uma vantagem competitiva nos dias atuais, em que a informação circula rapidamente e, com a mesma rapidez, perde a atualidade. Para ele, é fundamental que as empresas acompanhem essa agilidade e possam dar a sua contribuição.

O coordenador lembrou que os Correios precisam treinar da mesma forma e ao mesmo tempo, por exemplo, um atendente que trabalhe no Amazonas e outro que atue em São Paulo.

O Primeiro Congresso Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Corporativa aconteceu na sede do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Fonte: www.gentequeinova.com.br

Categorias: -

Deixe uma resposta