De onde você tira a coragem para liderar?Olá amigos leitores do meu site, como vão? Estava lendo um interessante artigo de Tom Roth (Chief Operating Officer da Wilson Learning Worldwide) sobre liderança quando uma pergunta, inserida no artigo me chamou a atenção:

De onde você tira a coragem para liderar?

Tom nos ensina que o dicionário Oxford American define coragem como “a convicção de agir sobre as crenças”. Liderança requer agir de forma corajosa em questões que nem sempre são fáceis ou populares.

Sim, esta é a grande questão, nossos sinais de liderança vêm de fora – a partir de fontes externas? Ou vêm de dentro – de sinais internos?

Sinais internos ou fontes externas? Voltemos ao texto:

Sua vida é conduzida em resposta à sinais externos ou em resposta à valores internos?

Seu sucesso é definido em termos financeiros, visuais, títulos e aparência ou pela contribuição à sociedade?

Você é dirigido por circunstâncias ou por uma visão interna?

Gostei bastante do texto, me fez pensar em como oscilamos de acordo com os desafios e como por vezes não sabemos a diferença entre oscilar e adaptar-se às circunstâncias. Oscilar é estar sujeito a fazer as coisas para obter a aprovação dos outros – que é sempre sujeita a alterações. Um líder que é fiel aos seu valores (evidentemente bons valores) e consistente em suas crenças, gera confiança em sua equipe e é melhor compreendido mesmo quando suas ações não são populares.

Você confiaria num líder que hora crê no céu, hora crê na terra?

Uma excelente semana para todos

Categorias: -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *