BTG recomenda compra das ações da Abril Educação; veja por quêSÃO PAULO – A Abril Educação vai passar por uma reestruturação corporativa e os analistas do BTG Pactual recomendam compra do papel, com preço-alvo de R$ 42,00 para 12 meses –  o que indica potencial de valorização de 18,74% em relação ao fechamento do dia 26 de junho.

O analistas afirmam que após a indicação do novo CEO (chief excutive officer) Mario Ghio e a adição da Tarpon para o grupo controlador a empresa anunciou mudanças em sua estrutura organizacional com um foco em controle operacional e sinergias.

A primeira mudança acontecerá na vice-presidência de produtos educacionais e serviços, que será desmembrada em três áreas: marketing, vendas e comunicação institucional; relacionamentos e serviços educacionais; e inovação e conteúdo.

O BTG Pactual acredita que as sinergias dentro da empresa podem ser a maior fonte de crescimento e lucros para a empresa após seu intenso processo de aquisições e fusões. Sobre as vendas para o governo no PNLD (Programa Nacional do Livro Didático) e os riscos operacionais no segmento de línguas, os analistas afirmam que ainda estão cautelosos quanto a uma possível deterioração.

No entanto, a equipe de análise ressalta que o segmento de sistema de ensino da empresa, que é o mais relevante, vai continuar entregando fortes resultados ao longo de 2014. Além disso, o momento atual da empresa é de maiores lucros, afirmam o BTG Pactual.

Fonte: http://economia.uol.com.br/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *