Agentes comunitários serão contratados temporariamente pelo estado. Objetivo de ajudar a prevenir tragédias provocadas pelas chuvas.

A Secretaria de Defesa Civil do estado realiza esta semana o Curso de Formação de Agentes Comunitários para a capacitação de 170 colaboradores que trabalharão na Região Serrana do Rio, com o objetivo de ajudar a prevenir tragédias provocadas pelas chuvas e orientar moradores de comunidades localizadas em áreas de risco geológico. Os agentes comunitários serão contratados temporariamente pelo estado – por três anos, com possibilidade de renovação de contrato por mais dois anos – para atuar nas 42 Unidades de Proteção Civil (UPCs) que serão instaladas nos municípios de Nova FriburgoBom Jardim, Petrópolis e Teresópolis.

Ministradas pela Escola de Defesa Civil (Esdec), as aulas vão até sexta-feira (22/2) e acontecem, simultaneamente, nos polos de ensino de Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis. A programação do curso intensivo aborda temas como história, política e sistema nacional de proteção e defesa civil e ações de redução de risco de desastres. O programa de capacitação ainda contará com a participação da Cruz Vermelha, que dará cursos de primeiros socorros e transporte de acidentados. Todos os alunos são moradores de comunidades com risco geológico.

“Os agentes são de vital importância não só para alertar e orientar a população em casos de emergência, mas, principalmente, ensinar as pessoas como prevenir tragédias provocadas por chuvas, enchentes ou desmoronamentos. Queremos priorizar a prevenção de tragédias e conscientizar a população de seu papel significativo no risco de desastres “, explicou o diretor da Esdec, o tenente-coronel Paulo Renato Vaz.

Em Nova Friburgo, serão contratados 80 agentes comunitários para atuar nas 20 UPCs. Já em Bom Jardim, haverá oito colaboradores em duas unidades. Petrópolis contará com o apoio de 42 agentes, que atuarão em dez comunidades, enquanto Teresópolis terá 40 agentes distribuídos em dez UPCs.

Fonte: http://g1.globo.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *