A aprendizagem através da observaçãoNo passado, com a ausência de materiais de leitura, livros e vídeos, as pessoas tinham que aprender uns com os outros através da observação e imitação. Felizmente após a descoberta da escrita e a invenção da prensa, que ajudou à disseminar e popularizar a informação, nossa capacidade aprendizagem e formação aumentou significativamente. A aprendizagem tem sido fundamental ao permitir que os seres humanos avancem na história, geração após geração as pessoas aprendem umas com as outras.

A evolução dos meios de disseminação do conhecimento não inviabilizou ou tirou de moda a observação dos melhores (hoje em dia chamados de “benchmarkings”) como método de aprendizado. Ao estudar os mestres em uma habilidade particular, podemos aprender muito sobre como tais habilidades são adquiridas, os exemplos históricos de pessoas famosas, como músicos, artistas, cientistas, engenheiros, escritores e empresários podem nos ensinar muito sobre o que é preciso para se tornar realmente bom em uma nova habilidade.

A observação atenta e profunda trará grandes benefícios, se alguns pontos forem observados com atenção:

  • Considere todas as tarefas, não importa o quão simples elas possam parecer.  As pessoas que hoje rondam a casa dos 40 anos devem lembrar do filme Karatê Kid, onde o Sr Miyagi ensinava os segredos do caratê ao seu pupilo, “Daniel San”. As primeiras e enfadonhas tarefas aparentemente nada tinha a ver com a arte marcial, parecendo mais um bando de tarefas domésticas chatas e repetitivas. Ali nascia a consciência corporal que seria a base do grande lutador. Cada tarefa oferece a oportunidade de aprender algo novo sobre a habilidade ou ofício. Não evite-a só porque você não gosta dela, a labuta vai focar a sua mente e aguçar seus instintos.
  • Não é horas de chamar a atenção nem impressionar. Nesta fase inicial apenas se concentre em aprender sobre a indústria, as condições ambientais e a importância da habilidade, a hora de mostrar o quanto você é bom chegará. Desfocar agora irá colocá-lo no caminho errado, atrair a hostilidade dos concorrentes e bloquear o seu aprendizado.
  • Seja como uma esponja. absorvendo o máximo de informações que puder. Considere aprender a nova habilidade como uma nova aventura onde você precisa se ​​familiarizar com a paisagem. Onde estão os recursos? Onde estão os perigos? Como você deve navegar pelo terreno? Quais as ferramentas que você precisa? Onde você pode obter ajuda? O que você precisa para aprender?
  • Mostre forte desejo de aprender, mas não superar um mestre. Ainda é muito cedo para pensar que você tem que superar seu mestre. O pensamento vai fechar os olhos para a realidade e vai impedi-lo de aprender mais.

Manter foco e humildade será essencial na ancestral tarefa da observação e reflexão. Aproveite os exemplos e faça como os antigos, aprenda.

Algumas reflexões deste artigo surgiram após leitura dos artigos do site http://www.skillsconverged.com

Categorias: -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *