Começou ontem (21), o curso Gestão da Qualidade: Auditorias Internas, em Teresina. O treinamento prossegue até quinta-feira (24), sendo uma iniciativa do Projeto Polo da Construção Civil, executado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí.

Serão capacitados cerca de trinta colaboradores de empresas de construção civil da capital. Essas empresas estão sendo acompanhadas para implantação de um programa de qualidade com foco em certificação concedida pelo Ministério das Cidades.

“Queremos organizar essas empresas para que estejam habilitadas para a certificação no Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat, PBQP-H. Funcionários serão treinados para serem auditores internos. Em dezembro deste ano, acontecerão as auditorias por parte da empresa certificadora e esses colaboradores precisam repassar as informações e procedimentos utilizados nas obras, de maneira correta e eficiente”, informa a gestora do Projeto Polo da Construção Civil do Sebrae no Piauí, Maria de Lourdes Freire.

O PBQP-H tem como meta organizar o setor da construção civil no que se refere à qualidade do habitat e à modernização produtiva. O foco do programa é o aumento da competitividade das empresas, através da melhoria da qualidade de produtos e serviços, da redução de custos e da otimização do uso dos recursos públicos. Soluções mais baratas e de melhor qualidade devem contribuir para a redução do déficit habitacional.

Os colaboradores das construtoras também participam até o final deste mês de uma consultoria em D?Olho na Qualidade. O treinamento acontece nos canteiros de obras das empresas Garra, Galib Brasil, Betel e MF Empreendimentos. Estão sendo capacitadas cerca de cento e cinqüenta pessoas, entre pedreiros, eletricistas, serventes, mestres de obra, bombeiros, carpinteiros, engenheiros, almoxarifes, técnicos em segurança e outros profissionais que trabalham nos canteiros das construções.

“Estamos repassando para essas pessoas técnicas de descarte, organização, limpeza, higiene e ordem mantida. Também promovemos palestras de motivação para esses profissionais. Em outubro, mas quatro empresas serão beneficiadas com esta ação, que dura em média trinta dias”, acrescenta Maria de Lourdes.

A consultoria é aplicada pelo administrador de empresas e consultor do Sebrae no Piauí, Marcos Castro.

“Já percebemos alguns resultados como uma melhor organização física, com canteiros de obras mais limpos. Os profissionais já não deixam mais matérias-primas nem restos de materiais espalhados pelos cantos, o que garante um ambiente mais seguro e agradável. O cuidado com as estruturas já prontas é outro aspecto que merece destaque. Antes, depois de feita a pintura era necessário pintar novamente, pois eles não se preocupavam com a conservação dos ambientes já concluídos. Mostramos também que essas mudanças beneficiam diretamente todos os envolvidos na construção civil e os tornam mais qualificados para exercer a atividade”, comenta o consultor.

O Projeto Polo da Construção Civil do Sebrae no Piauí iniciou suas atividades em junho deste ano. As ações do projeto beneficiam vinte e cinco empresas instaladas na capital. São atividades voltadas para a gestão da qualidade, organização, cultura da qualidade, entre outros aspectos. A intenção é que através de registros, procedimentos e atendimento corretos se alcance a redução de custos e a melhoria da produtividade.

Sebrae-PI
21/09/2009 17:26h
Categorias: -

Deixe uma resposta