Comprou, mas não recebeu. O desconto estava “maquiado”. O atendimento foi péssimo. Dificuldades para finalizar a compra. Essas são algumas das reclamações dos milhares de internautas que se aventuram em algo chamado Black Friday. Com edição marcada para 27 de novembro de 2015, o evento chega neste ano com novidades que ajudam a melhorar a experiência do consumidor. Preocupado em jogar luz sobre os sites que são realmente confiáveis e se preocupam com quem vai comprar, o ReclameAqui usou dados da base e reuniu, em três escalas, os portais mais legais. Para fazer isso, selos foram criados.

---1reclame-aqui

A ideia do ReclameAqui foi a seguinte: referendar as marcas com melhor reputação durante a Black Friday. Para isso, o portal olhou para as informações postadas pelos próprios usuários nos últimos seis meses. Assim, três selos foram criados: Bom, Ótimo e RA 1000 – quem recebe este último está na lista dos sites mais “tops”. Quem falou sobre o assunto foi o presidente do ReclameAqui, Maurício Vargas, em evento realizado em São Paulo nesta quarta-feira, 28. “Vamos ficar atentos às reclamações feitas no site para monitorar as lojas, tanto as que participam do evento quanto as que não foram listadas”, explicou.

De acordo com o executivo, o selo criado é válido apenas para a edição 2015 da Black Friday. As empresas que quiserem participar serão analisadas e terão de aceitar o termo de uso, que compromete a marca a atender o consumidor da melhor maneira possível durante e depois do evento. Além disso, o ReclameAqui vai se organizar para divulgar informações úteis para quem quer aproveitar os melhores descontos. Por meio da seção www.reclameaqui.com.br/blackfriday, a empresa vai veicular rankings e pesquisas sobre as movimentações. A novidade beneficia, inclusive, jornalistas dedicados à cobertura do evento, já que o portal vai disponibilizar media center para que os profissionais de imprensa acompanhem esses dados em tempo real.

Durante o encontro desta quarta, o presidente do ReclameAqui deixou claro que o foco é no consumidor, e os sites que não entenderem isso serão revelados. “Quem recebeu o selo pode perder durante o evento deste ano. Existem regras e vamos certificar e indicar ao consumidor somente quem estiver dentro do esperado”. É possível ver as empresas que conquistaram os selos neste link.

Como foi em 2014?

No ano passado, o ReclameAqui recebeu mais de 12 mil queixas durante a Black Friday. À época, o site disponibilizou ranking e hot site para cobrir minuto a minuto o dia de superpromoções. Segundo os dados divulgados, esses canais alcançaram 1,3 milhão de acessos, com média de 6 mil visitas por instantes e pico de 12 mil pessoas ao mesmo tempo na página.

Fonte: http://portal.comunique-se.com.br/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *