Nove níveis de aprendizagem de Gagne

Você já treinou alguém em um novo processo ou habilidade? Talvez você pensou que seria uma tarefa fácil, simples. Mas uma vez que você tenha começado o programa de treinamento, talvez tenha sido mais difícil do que o esperado.

Todo mundo tem diferentes estilos de aprendizagem . Então, como você apresenta informações para que os colaboradores, aprendam de forma eficaz? Quando é apropriado oferecer feedback, ou pedir uma demonstração de habilidades, para garantir que os colaboradores entenderam sua mensagem?

Os Nove níveis de aprendizagem de Gagne, fornecem uma abordagem passo-a-passo que pode ajudar os gestores, formadores, facilitadores a estruturar seus programas de formação, de modo que seus alunos ou equipes obtenham o máximo de suas oportunidades de aprendizagem.

Nota:
Os Nove níveis de aprendizagem de Gagne também são conhecidos como Nove condições de aprendizagem de Gagne, Taxonomia de Aprendizagem de Gagne e Nove Eventos da Instrução de Gagne

Antecedentes do Modelo

Robert Gagne (1916-2002) foi um psicólogo educacional pioneiro da ciência da educação na década de 1940. Seu livro “As condições de aprendizagem”, publicado pela primeira vez em 1965, identificou as condições mentais que são necessárias para uma aprendizagem eficaz.

Gagne criou um processo de nove passos, que detalhou cada elemento necessário para uma aprendizagem eficaz. O modelo é útil para todos os tipos de aprendizagem, mas este artigo centra-se em aplicá-lo para treinar sua equipe em um ambiente de trabalho.

Vantagens do modelo de Gagne

Os Nove níveis de aprendizagem de Gagne fornece à formadores e educadores uma lista de verificação para usar antes de se envolver em atividades de ensino ou de formação. Cada passo destaca uma forma de comunicação que auxilia o processo de aprendizagem. Quando cada etapa é concluída, por sua vez, os alunos estão muito mais propensos a se envolver e reter a informação ou habilidades que estão sendo ensinadas.

Se você usar essa abordagem antes de qualquer tipo de treinamento ou apresentação, você vai se lembrar de como estruturar a sua sessão para que o seu publico tenha a melhor experiência de aprendizagem possível.

Usando a ferramenta

Vamos agora olhar para cada um dos nove níveis, e fornecer exemplo de como você pode aplicar cada etapa em sua própria situação.

  • Nível 1: Ganhar Atenção (Recepção)
  • Comece a experiência de aprendizagem, ganhando a atenção de seu público.Esta mudança no estímulo alerta o grupo sebre a aprendizagem que ganharão em breve.
  • Aplicar: ganhar a atenção, aumentando o volume de sua voz, gesticulando, mostrando um pequeno vídeo sobre o tema da instrução, ou usando qualquer outro evento que torna mais interessante o período de “espera para a aula a começar”.
  • Nível 2: Os alunos informando sobre o Objetivo (expectativa)
  • Em seguida, você deve garantir que seus alunos saibam o que eles deverão aprender, e que eles entendam por que eles estão prestes a aprender esta nova informação.
  • Aplicar: Explique para a seus alunos o que eles terão aprendido até o final da sessão. Em seguida, explique como a sua aprendizagem vai beneficiá-los.
  • Por exemplo, você pode explicar que o novo processo que eles vão aprender ajudará a organização a reduzir 20 por cento nas taxas gerais. Por causa de cortes orçamentários recentes, o processo de menor custo vai ajudar a sua organização a evitar demitir seis pessoas de seu departamento. Agora que sua equipe entende porque eles estão aprendendo essa nova informação, e quais são os riscos se não aprender, eles estarão mais motivados e mais receptivos ao seu treinamento.
  • Nível 3: Recall Estimulante da Aprendizagem Prévia (recuperação)
  • Quando o seus alunos aprenderem algo novo, combinarem as novas informações com informações relacionadas ou tópicos que aprenderam no passado.
  • Aplicar: Reveja todo o aprendizado anterior que você fez com sua equipe, e aplique-o no que eles estão aprendendo agora. Além disso, pergunte a sua equipe se eles têm alguma experiência anterior com o tema, ou se eles vivenciaram os problemas que a formação está tentando resolver. Em seguida, faça conexões entre o que eles estão aprendendo, e seu aprendizado anterior.
  • Nível 4: apresentar o estímulo (percepção seletiva)
  • Apresentar a nova informação para o grupo de uma forma eficaz.
  • Aplicar: Organize suas informações de forma lógica e de fácil compreensão.Tente usar uma variedade de mídias e estilos diferentes (como pistas visuais, instrução verbal e aprendizagem ativa) para atender pessoas com diferentes estilos de aprendizagem.
  • Nível 5: Forneça Orientação de Aprendizagem  (Codificação Semântica)
  • Para ajudar a sua equipe a aprender e reter a informação, forneça abordagens alternativas que ilustram a informação que você está tentando transmitir.
  • Aplicar: Ajude a sua equipe aprender de forma mais eficaz através da inclusão de exemplos, estudos de caso , os gráficos, contação de histórias , ou analogias.
  • Nível 6: Provocando Desempenho (responder)
  • Nesta fase, você precisa se certificar que seus alunos podem demonstrar conhecimento sobre o que você ensinou. A maneira como eles mostrarão, depende do que eles estão aprendendo.
  • Aplicar: Se você ensinou um novo processo ou habilidade, peça aos seus alunos para demonstrar como usá-las (exercícios role-playing podem ser úteis para isso). Se você ensinou novas informações, faça perguntas para que eles possam mostrar seus conhecimentos.
  • Nível 7: Fornecendo comentários (reforço)
  • Depois de sua equipe demonstra seu conhecimento, forneça feedback e reforçe alguns pontos, se necessário.
  • Aplicar: Imagine que você ensinou sua equipe uma nova técnica para lidar com clientes difíceis. Depois de vários cenários de role-playing, você percebe que um poucos membros da equipe não são assertivos o suficiente para acalmar o cliente nesta “situação tensa” ficcional. Seus comentários e dicas apontarão seus erros, para que possam corrigi-los.
  • Nível 8: Avaliação de Desempenho (recuperação)
  • Sua equipe deve ser capaz de completar uma prova, ou outra ferramenta de medição, para mostrar que eles aprenderam a habilidade de forma eficaz. Os membros da equipe devem completar este teste de forma independente, sem qualquer ajuda ou orientação de você.
  • Aplicar: testes, questionários curtos, ou até mesmo ensaios podem ser boas maneiras de testar novos conhecimentos da sua equipe.
  • Nível 9: Melhorar a retenção e transferência (generalização)
  • Nesta última etapa, os membros de sua equipe mostram que eles retem informações, transferindo o seu novo conhecimento ou habilidade para situações que são diferentes das que você abordou.
  • Aplicar: A prática repetida é a melhor maneira de garantir que as pessoas retenham informações e usem-nas de forma eficaz. Certifique-se de que sua equipe tenha oportunidade o suficiente para usar a sua aprendizagem em uma base regular. Agende “práticas funcionais” se você está treinando em um novo processo, ou promova uma sessão de acompanhamento para analisar as informações ou habilidades.
  • Como as pessoas se tornam mais proficientes, programe variantes da prática e exponha as pessoas a situações diferentes, para que se tornem confortáveis com a multiplicidade.

Pontos-chave

Os Nove níveis de aprendizagem de Gagne, fornecem uma lista passo-a-passo que ajuda a garantir que você forneça uma experiência de aprendizagem completa e bem sucedida. Cada passo é projetado para ajudar os seus formandos compreender e reter a informação de forma eficaz.

Adaptado de http://mindtools.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *